quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Giro com Willian Corrêa com CIRO GOMES Candidato à presidência em 2018?

O político Ciro Gomes deu um Giro com Willian Corrêa e falou sobre as eleições de 2018, a situação atual do Brasil e sobre a sua carreira dentro da política.


terça-feira, 15 de agosto de 2017

REDES SOCIAIS: Vereadores de Oposição lança Vídeos Mostrando o Descaso com a Saúde Pública em Lavras da Mangabeira

Os vereadores de oposição ao atual governo municipal de Lavras da Mangabeira continuam suas visitas a prédios públicos do município.
Vereadores da Esq. p/ Dir.: Antonio Romeiro - Machado - Tenta Olegário                    Nem Férrer - Flávio Torquato

A ida dos parlamentares mirins a esses prédios públicos são motivadas por denuncias feitas por moradores das localidades.


Depois das visitas aos prédios da Prefeitura (paço municipal) que não tinha se quer café e água, tendo o vereador Flavio Torquato feito a compra de café e açúcar para que fosse feito e servido para as pessoas que passam horas a esperar pelo gestor publico.

A polemica envolvendo o programa do leite fez com que os vereadores fossem ao prédio onde era para estar funcionando fornecendo o leito, lá foi encontrado um aviso informando que não estava funcionando. 

Os vereadores foram ainda ao Posto de Saúde da Várzea da Benta na sede do município. Lá, o caos também é enorme. Segundo o Vereador Nem Ferrer, a internet é paga pelos funcionários que se cotizam para tal.

Os vereadores Flavio Torquato e Tenta Olegário disseram faltar material de limpeza, até mesmo papel higiênico não tem nos banheiros do prédio.

Os vídeos feitos pelos vereadores ganharam as redes sociais com uma enorme quantidade de comentários lamentando o estado de abandono que se encontra a administração municipal lavrense.

Quitaiús, foi alvo de mais um vídeo que está bombando na internet.



O vídeo mostra como se encontra hoje o Posto de Saúde do Distrito.

Posto de Saúde de Quitaiús - Sala da Odontologia Sem Uso





















Posto de Saúde de Quitaiús - Teto Danificado

Posto de Saúde de Quitaiús - Teto com Presença de Abelhas


Governo do Ceará lança Câmara Setorial da Equinocultura

O Governo do Ceará, por meio da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), lança, nesta quarta-feira (16), a Câmara Setorial da Equinocultura do Ceará. A CS Equinos será um órgão consultivo com o objetivo de propor, apoiar e acompanhar projetos e ações tendo em vista o desenvolvimento sustentável do setor em território cearense.

O órgão colegiado contará com mais de 25 entidades e será o 27º instaurado pela Adece, que conta atualmente 23 câmaras setoriais, duas temáticas, além do Fórum Jovem Empresário Ceará. Somente no âmbito da diretoria de Agronegócios, a de equinocultura será a 11ª câmara.

Serviço
Lançamento da CS Equinos
Data: 16.08.2017, quarta-feira
Horário: 09h30min
Local: Auditório da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece) - Av. Dom Luís, 807 / 7º andar Etevaldo Nogueira Business - Meireles

Temer vende cemitério pra se livrar do rombo

"Vou fechar o rombo do Meirelles e vender o Aeroporto de Congonhas! Não vou cair no rombo do Meirelles!

Vou vender a Petrobras, o Exército...Vendo tudo, mas não caio no rombo do Meirelles!" 



Camilo volta a defender chapa Ciro-Haddad durante entrevista ao “Trem Bala”

O governador Camilo Santana (PT) voltou a defender a chapa Ciro Gomes-Fernando Haddad como boa para o País. Foi nesta segunda-feira (14), durante entrevista ao programa Trem Bala, da TV Ceará. Ele foi sabatinado pelo âncora da atração, o jornalista Alan Neto, e seu time de comentaristas no quadro Cadeira Elétrica.
“Eu sugiro que seria simpático uma dobradinha entre Ciro e Haddad. Assino embaixo e, com certeza, seria uma grande chapa para 2018”, disse, na ocasião, o governador. Esta não é a primeira vez que Camilo manifesta esse desejo durante entrevista ao O POVO, em fevereiro deste ano.
Durante o programa, Camilo respondeu também a perguntas feitas por telespectadores sobre os mais diversos temas: esportes, segurança, investimentos em projeto hídricos, política e outros. Também falou da importância do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e destacou o nome de Ciro Gomes.

“Eu acho que o Lula e o Ciro têm que estar juntos. Ciro é um grande brasileiro e o Lula foi um grande presidente para o Brasil. Nesse momento, nós precisamos ter a responsabilidade de nos unirmos pelo bem do Brasil”, avaliou.

Eleições 2018 – Capitão Wagner, pré-candidato ao Governo, pode não abrir mão para Tasso

O deputado estadual Capitão Wagner (PR) reafirmou, nesta terça-feira, que já está como pré-candidato a governador pelo Partido da República. Ele disse que coloca seu nome dentro de um cenário onde há quatro vagas a serem preenchidas em termos de chapa majoritária.
“Nosso nome estará colocado sim como pré-candidato”, reforça o parlamentar, destacando que, no leque das oposições, há outros nomes cogitados como o senador Eunício Oliveira (PMDB), Domingos Filho, conselheiro do extinto TCM, e o senador Tasso Jereissati.
Sobre Tasso, o parlamentar classificou como “um nome de força, pois foi governador três vezes do estado e acumula bem mais experiência do que outros postulantes da oposição.”
Tasso Jereissati (PSDB)
Mas, indagado se abriria mão em favor de Tasso Jereissati, o deputado Capitão Wagner preferiu jogou resposta para o futuro. “Tenho disposição para conversar, dialogar com ele!”. Já Tasso Jereissati, por algumas vezes, tem dito que a hora, em termos de disputa governamental 2018, é de apostar em renovação.
Fonte: Blog do Eliomar

Maia diz que 'hoje' não há votos para aprovar a reforma da Previdência

Na manhã desta terça-feira (15), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que o governo não possui "hoje" os votos mínimos para aprovar a reforma da Previdência no plenário.

Por se tratar de uma proposta de emenda à Constituição, a reforma precisa de 308 votos dos 513 deputados para ser aprovada.

As mudanças nas regras previdenciárias são uma das principais medidas defendidas pelo governo para tentar conter o rombo nas contas públicas. No entanto, o texto, fortemente criticado pela oposição, encontra resistência até na própria base de Michel Temer.

Maia falou sobre o assunto com jornalistas após reunião com os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira, além de deputados líderes de bancada na Câmara.

De acordo com Maia, o encontro foi sobre "toda a situação fiscal do estado brasileiro". Ele disse ainda que, no cenário de crise, a única solução definitiva seria a reforma da Previdência.
"A mais estruturante, a mais definitiva, aliás a única [solução] definitiva é a reforma da Previdência, que hoje nós não temos voto para aprová-la, e eu estou deixando bem claro isso entre os líderes", disse Maia.

O presidente da Câmara também afirmou que o trabalho para conseguir os votos necessários vai exigir mais tempo de negociações.
"Para mim, o ideal era que a gente conseguisse aprovar a reforma da Previdência hoje. Mas essa maioria não será construída hoje", afirmou.
Fonte: G1

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

GOVERNO FEDERAL: Cidades do Nordeste que dependem de Carro-Pipa para receber água têm redução no Abastecimento

Com a seca mais grave do Nordeste dos últimos 100 anos, parte dos municípios da região está sem água na torneira há um ano.  
Em Pedra Branca, no sertão cearense, o açude que abastece a cidade está sem água desde 2016, e os moradores dependem da distribuição em carro-pipa. Agravando ainda mais a crise, a Defesa Civil, que faz a distribuição nas áreas urbanas, reduziu o número de veículos entregando água devido a atrasos no repasse de verbas.

O abastecimento emergencial da Prefeitura de Pedra Branca é feito atualmente com seis caminhões-pipa. Se a operação da Defesa Civil estivesse funcionando plenamente, seriam 32 veículos no município. Com o corte, bairros que recebiam água diariamente estão recebendo água, no máximo, duas vezes por semana.

"Carro-pipa só dá cinco mil litros d'água. Não dá nem 10 minutos. Num instante acaba tudinho porque é muita gente [retirando água do ponto de abastecimento]", diz a dona de casa Maria Aparecida. "Por isso é tanta correria quando a água chega", completa o aposentado Manuel Vieira do Vale.

A Defesa Civil do Ceará afirma que continua à espera de R$ 19 milhões do Ministério da Integração Nacional para abastecer a sede dos municípios com situação de emergência decretada.

Ceará tem atualmente 115 dos 184 municípios com situação de emergência reconhecida; pelo menos seis deles já precisam do carro-pipa nos bairros.

"Esse recurso foi pedido já no final do ano passado pra gente já fazer uma programação pra esse ano. Estamos aguardando até o momento a chegada dele", afirma o coronel Cleyton Bezerra, coordenador da Defesa Civil no Ceará.

A situação se repete em outras regiões do Nordeste: a Bahia espera desde abril uma verba de R$ 27 milhões aprovada pelo Governo Federal. No estado, 1,1 milhão de pessoas sofre com falta de água. 

O último recurso enviado para o abastecimento com o carro-pipa na Bahia foi há dois anos, no valor de R$ 9 milhões.
Sem verba, até o Exército, que faz a distribuição nas zonas rurais das cidades do Nordeste, reduziu o abastecimento. Por conta da crise, gente como o aposentado Joel conta com o resto de água da chuva que acumulou no início do ano para todas as utilidades da casa.

"Pipa passou foi no mês de junho. Se não chover, eu vou usando essa daí; se acabar essa daí, eu tenho que ou mudar ou caçar jeito de comprar."

41 mil famílias são excluídas do Bolsa Família no Ceará

No Ceará, 41.691 famílias não contam mais com o benefício do programa Bolsa Família. O corte, feito no mês de julho, acompanhou a redução de outros 501 mil beneficiários em todo o País. É a maior redução de beneficiários da história do Bolsa Família.
A queda contínua do total de famílias cearenses atendidas pelo programa acontece desde março, somando quase 70 mil benefícios. O número atual de beneficiários no Estado, 965.342, é o menor da década, pela primeira vez no período abaixo de um milhão.
Fortaleza registrou o maior corte, de 12.252 famílias, seguida por Caucaia (2.260), Maracanaú (926) e Maranguape (722). Todos os 184 municípios tiveram redução.
O diretor institucional da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), Expedito José do Nascimento, conta que soube do corte no início de julho. “Já começamos a prevenir alguns municípios. Quando eles cortam é de forma geral. Estão usando a questão de fazer um recadastramento e a partir daí, cortam”, explica.
Conforme Expedito, as famílias só sabem que não fazem mais parte do programa quando vão sacar o dinheiro. “Aí mandam ligar para a central do Bolsa Família e encaminham para a Prefeitura”, conta. Ele acrescenta que os municípios não têm como oferecer programas que possam suprir as necessidades das famílias. “No governo anterior (de Dilma Rousseff) também houve corte, mas tinha muitos critérios”.
Para o consultor econômico da Aprece, Irineu de Carvalho, o valor financeiro do corte executado em julho, de R$ 6 milhões, não afeta economicamente o Estado, mas impacta nas famílias. “No acumulado do período tem um peso diferente, afeta o comércio, além da questão social”.

Governo do Ceará entrega primeira etapa do residencial José Euclides, no Jangurussu

A primeira etapa do residencial José Euclides Ferreira Gomes, construído no bairro Jangurussu, em Fortaleza, através do programa Minha Casa Minha Vida, foi entregue pelo governador Camilo Santana na manhã desta segunda-feira (14). 

Na oportunidade, 1.488 famílias foram beneficiadas com a moradia. Elas são oriundas das áreas de impacto dos projetos de urbanização dos rios Maranguapinho e Cocó, de responsabilidade da Secretaria das Cidades. Ao todo, o residencial possui 2.992 unidades habitacionais e recebe um investimento superior a R$ 206 milhões, sendo quase R$ 18 milhões de contrapartida do Governo do Ceará. 

O empreendimento tem apartamentos com 43 m² de área construída, com sala, cozinha e dois quartos. Nas áreas comuns, os moradores têm à disposição 12 playgrounds e 12 salões de festas. 

O governador Camilo Santana falou que, em breve, vai entregar o restante das unidades do residencial, que faz parte do maior programa habitacional posto em prática no Ceará.
Governador Camilo Santana
https://soundcloud.com/user896359352/whatsapp-audio-2017-08-14-at-115559

domingo, 13 de agosto de 2017

94% dos eleitores não se veem representados

A pouco mais de um ano das eleições para a Presidência, os governos estaduais e o Congresso Nacional, os brasileiros manifestam rejeição generalizada à classe política, independentemente de partidos, e ao atual modelo de governo. Segundo pesquisa do instituto Ipsos, apenas 6% dos eleitores se sentem representados pelos políticos em quem já votaram.

Desde novembro do ano passado houve queda de nove pontos porcentuais na taxa dos que se consideram representados. A onda de negativismo contamina a percepção sobre a própria democracia: só metade da população considera que esse é o melhor regime para o Brasil, e um terço afirma que não é. Quando os eleitores são questionados especificamente sobre o modelo brasileiro de democracia, a taxa de apoio é ainda mais baixa: 38% consideram que é o melhor regime, e 47% discordam. 

Passado pouco mais de um ano das manifestações de massa que culminaram no fim do governo petista de Dilma Rousseff, nada menos do que 81% dos entrevistados pelo Ipsos manifestaram concordância com a afirmação de que "o problema do País não é o partido A ou B, mas o sistema político". 

Para 94%, os políticos que estão no poder não representam a sociedade. Apenas 4% acham o contrário. Quem está na oposição também é alvo de desconfiança. Quando a pergunta é sobre os políticos em quem os entrevistados já votaram em algum momento, 86% dizem não se sentir representados. 

Distância

"Segundo a opinião pública, os eleitos não representam os eleitores", observa Rupak Patitunda, um dos responsáveis pela pesquisa Ipsos. "A democracia no Brasil, desta forma, não é representativa."

Somente um em cada dez cidadãos veem o Brasil como um país onde a democracia é respeitada. Para 86%, isso não acontece. "A própria democracia, o que se espera de seu conceito, não é respeitada", avalia o pesquisador. "Existe uma expectativa sobre o regime que não é atendida pelos seus clientes."

A percepção de desrespeito às normas democráticas pode estar relacionada à ideia de desigualdade. Para 96% dos entrevistados, todos devem ser iguais perante a lei, mas somente 15% consideram que essa regra é devidamente observada no Brasil.

É quase consensual a noção de que a corrupção é um entrave para que o País alcance um nível mais avançado de desenvolvimento. Nove em cada dez eleitores concordam com as avaliações de que "o Brasil tem riquezas suficientes para ser um país de primeiro mundo", de que "o Brasil poderia ser um país de primeiro mundo se não fosse a ação da corrupção" e de que "o Brasil ainda pode ser um país de primeiro mundo quando acabar com a corrupção".

Os dados do Ipsos mostram que, após um ciclo de acirramento da polarização política no País, há uma ânsia por iniciativas de conciliação. Nada menos do que 88% dos entrevistados concordam com a afirmação de que "as pessoas deveriam se unir em torno das causas comuns, e não brigar por partido A ou partido B". Parcela similar considera que "brigar por partido A ou B faz com que as pessoas não discutam os reais problemas do Brasil".

Os dados do Ipsos são parte de um levantamento chamado Pulso Brasil, realizado mensalmente desde 2005 para monitorar a opinião pública sobre política, economia, consumo e questões sociais. Foram ouvidos 1,2 mil entrevistados, em 72 municípios, entre os dias 1.º e 14 de julho. A margem de erro é de três pontos porcentuais para mais ou para menos. 
Fonte: O Estado de S. Paulo

terça-feira, 8 de agosto de 2017

“Camilo, no cenário de hoje, seria reeleito no primeiro turno”, diz Cabo Sabino

Deputado Federal Cabo Sabino (PR)
O deputado federal Cabo Sabino (PR-CE), em entrevista ao jornal O Estado, disse que, no cenário atual, o governador Camilo Santana seria reeleito no primeiro turno nas eleições de 2018. “É um governo que tem trabalhado, que tem inaugurado obras pequenas, necessárias ou não, mas ele está na rua todos os dias. É um governo de muita aproximação, é um governo muito popular”.

Sabino criticou a oposição – da qual faz parte ou fazia – por perder tempo em não lançar logo um nome para concorrer à disputa do próximo ano. “Se cogita até nomes novos. Eu acho que quando se trata de governança, de governo, não pode ser um nome que nunca se ouviu falar. Porque se for alguém novo, que não seja conhecido da população, o primeiro ponto que vai trabalhar contra vai ser a falta de confiança”.

Gestão fiscal do Ceará é apresentada em encontro de empresários em São Paulo

Mauro Filho - Secretário da Fazenda do Ceará
O Governo do Ceará apresentou, em São Paulo, para uma plateia de empresários, o modelo de gestão fiscal que permite ao Estado manter o ritmo de investimentos mesmo em meio a um período de instabilidade nacional. Os secretários Élcio Batista, do Gabinete do Governador, e Mauro Filho, da Fazenda, representaram o Estado no Encontro EXAME CEO.

Mauro Benevides proferiu palestra durante a abertura do evento. Ele destacou algumas medidas implementadas para driblar a situação econômica no Ceará, como a criação de um programa de contenção de gastos de R$ 400 milhões com cortes especificamente em despesas de custeio e de pessoal e não no volume de investimentos.

“Criamos uma emenda de teto de gastos, com exceção de investimentos. Eles têm que ser uma prioridade para o setor público”, comentou. “Ajuste fiscal é você dotar o estado de condições de investir, de atender as demandas da população”, emendou Benevides.

O titular da Secretaria da Fazenda apontou outras medidas, como a diminuição de 10% nos incentivos fiscais, o que rendeu incremento nos números, e a criação de indicadores para acompanhamento de resultados em cada setor. “Se um município quer mais ICMS, deve mostrar mais resultados. Se um funcionário público quer 14° salário, deve também melhorar os resultados”, exemplificou Mauro.

O Encontro EXAME CEO reuniu gestores públicos e executivos de algumas das mais importantes empresas brasileiras com o objetivo de discutir as estratégias de negócios vencedoras no difícil ambiente econômico brasileiro. O evento integra as comemorações dos 50 anos da revista EXAME.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Governador Camilo Santana sanciona média salarial do Nordeste a policiais civis e criação de adicional por serviço militar

O governador Camilo Santana sancionou, nesta segunda-feira (7), os projetos de lei do Executivo que estabelecem o pagamento da média do Nordeste aos policiais civis do Estado, bem como o que cria o adicional por atividade de execução de serviço militar estadual para cabos e soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, aumentando os subsídios das categorias.

"Estamos diante de uma das maiores recessões no país. Isso significa que diminui a capacidade de investimento do Estado. Mas temos feito um esforço, mesmo nos momentos de dificuldades, para priorizar as áreas mais importantes para os cearenses, entre elas a segurança. Essa é mais uma demonstração do Governo do Ceará para melhorar as condições de trabalho dos nossos policiais”, disse o governador.


As medidas foram aprovadas pela Assembleia Legislativa no último dia 18 de julho e serão publicadas no Diário Oficial do Estado.


O benefício para a Polícia Civil engloba escrivães e inspetores, que poderão receber até R$ 6,275,51 a partir de janeiro de 2018, com o teto chegando a R$ 6,8 mil em dezembro do mesmo ano.



A estipulação da média do Nordeste para os policiais civis segue o mesmo padrão já concedido pelo Governo do Ceará aos militares – antiga demanda das categorias. Há pouco mais de um ano, a categoria recebeu aumento remuneratório que elevou os subsídios em média de 25% e remodelou a carreira do policial Civil. Com isso, criou subgrupos dentro do Grupo Ocupacional Atividade de Polícia Judiciário.

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social, André Costa, afirma que, com a série de medidas adotadas, algumas classes chegam a receber até 60% mais do que em anos atrás. Já o delegado-geral Everardo Lima destaca o reconhecimento ao bom trabalho prestado pela categoria, em especial devido à crise financeira que atinge o país. “O Ceará demonstra extrema competência na gerência da questão tributária, tendo destaque no que diz respeito ao equilibro fiscal, sendo possível, dentro dos parâmetros de responsabilidade, dar este aumento aos policiais".

Adicional por Serviço Militar

Já a sanção da mensagem que cria o adicional por atividade de execução de serviço militar vai beneficiar cabos e soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará. As duas patentes já recebem acima da média do Nordeste, contudo, o Governo ampliou os ganhos que eram de aproximadamente 3% e 7%, respectivamente, para cerca de 10% e 14%.

O adicional será concedido aos profissionais, inclusive quando estiverem cedidos ou gozando de afastamentos do serviço legalmente considerados de efetivo exercício.           O adicional criado pela lei, será concedido:










Fonte: AI

VIRANDO MODA: Médico vai a hospital, ameaça enfermeira e acaba preso por porte ilegal de Arma

Ameaça de morte por arma de fogo levou a prisão do médico Flávio Marcílio de Araújo Silva. O caso aconteceu na noite deste domingo (6), dentro do Hospital Regional do Cariri (HRC), em Juazeiro do Norte. Segundo a Polícia, o acusado invadiu o hospital e passou a discutir e ameaçar uma enfermeira que estava de serviço no hospital.

Policiais militares que estavam trabalhando na segurança da unidade hospitalar foram acionados, mas o médico conseguiu sair do hospital. Após rápida perseguição, Flávio Marcílio foi localizado na Avenida Leão Sampaio e ao ser dada busca no veículo, os PMs apreenderam um revólver calibre 38. 

Conduzido para delegacia de Polícia Civil de Juazeiro do Norte, o médico foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma e ameaça de morte. Informações dão conta de médico não trabalha no HRC e que, após pagar fiança foi liberado.

Congresso dos Jornalistas reunirá principais nomes do jornalismo progressista brasileiro

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Ceará (Sindjorce) realiza, de 11 a 13 de agosto, o I Congresso Estadual Extraordinário dos Jornalistas do Ceará e III Encontro Estadual de Jornalistas em Assessoria de Imprensa (EEJAI), que acontecerá no Centro Cultural Belchior, em Fortaleza/CE. 

Com o tema “O Jornalista e as mudanças no Jornalismo e no mundo do trabalho”, a expectativa da entidade sindical é reunir 200 participantes, entre jornalistas, estudantes e professores de Jornalismo, além de dirigentes sindicais e profissionais de outras áreas.
As inscrições podem ser feitas por meio do site da entidade. Clique aqui. O valor é de R$ 160,00, sendo que estudantes de graduação (qualquer curso), jornalistas sindicalizados em dia, desempregados e aposentados pagam R$ 80,00. A taxa inclui material gráfico, alimentação (água, café, lanche e almoço) e programação festiva. Estão previstos no programa do evento uma conferência de abertura, com o tema central, três painéis e uma plenária final, na qual será apresentado, debatido e aprovado o plano de lutas dos jornalistas cearenses.

domingo, 6 de agosto de 2017

ACIDENTE: Caminhão e um Celta batem na Estrada de Amaniutuba e deixa feridos

Um acidente envolvendo um caminhão e um Celta foi registrado na tarde deste domingo na estrada que liga a BR 230 a Amaniutuba em Lavras da Mangabeira-CE. O fato se deu por volta das quatro da tarde em uma das curvas perigosas daquela estrada. 

Segundo populares, o Caminhão Carreta tipo Gaiola seguia com destino ao Distrito e o Celta seguia em sentido BR 230. Apesar da batida ter sido quase que frontal, na verdade, ainda não se sabe como a mesma se deu, quem teria invadido a pista contrária e ocasionado o abalroamento.

Com a pancada, o Caminhão Carreta Gaiola que estaria indo apanhar bois tombou. Já o Celta, de acordo com informações colhidas pela nossa reportagem, foi parar fora da pista com a frente e lateral do motorista bem avariado.

No caminhão, estavam o Agropecuarista Lelê e o motorista Petrônio. Os dois tiveram apenas algumas escoriações, pequenos ferimentos, foram medicados no hospital São Vicente Ferrer e em seguida liberados já o motorista que dirigia o Celta, João Paulo Cordeiro foi socorrido as pressas também ao Hospital São Vicente, teve mais escoriações pelo corpo, fratura no nariz e com suspeita de Traumatismo Craniano, tendo que ser transferido para Barbalha. Seu estado de saúde inspira cuidados.

ELEIÇÕES 2018: É preciso nome Novo e sem Mácula

O noticiário político, infelizmente, dominado pelas denúncias de corrupção contra personalidades detentoras de mandatos e outras tantas com influência nos partidos e em grandes empresas nacionais, não tem registrado as últimas movimentações, no Ceará, relacionadas às eleições do próximo ano, apesar do ambiente nebuloso quanto às mudanças possíveis de serem aprovadas pelo Congresso Nacional, até os primeiros dias de outubro, capazes de influenciar nas formações das chapas, tanto para a disputa dos cargos majoritários, de governador e senador, quanto dos legislativos, além das consequências impositivas das coligações nacionais para o pleito presidencial.
As principais lideranças partidárias na Câmara dos Deputados já estão convencidas da necessidade de acertarem alguns pontos, menos polêmicos, para permitir a votação das alterações na legislação eleitoral, a fim de evitarem a interferência da Justiça Eleitoral, que, no primeiro momento, é quem tem a incumbência de suprir a omissão legislativa.
A Comissão Especial que trata da Reforma tem uma reunião convocada para a próxima quarta-feira, tendo como primeiro item da pauta a criação do Fundo Especial de Financiamento da Democracia, dinheiro público para pagar todas as campanhas, inicialmente orçado em R$ 3,5 bilhões, além do tradicional Fundo Partidário.
As definições dos prazos de filiações partidárias, de domicílio, e desincompatibilizações, também reclamam urgência. As demais sugestões do relator da Reforma Política, deputado Vicente Cândido (PT-SP), por não estarem ligadas diretamente ao pleito de 2018, como o fim das coligações proporcionais, a abolição da reeleição para os cargos de prefeitos, governadores e presidente, assim como as cláusulas de barreira, devem ser discutidas posteriormente, pois a inquietação reinante, por conta da degeneração dos costumes, causada pelo conluio de alguns legisladores e executivos da administração pública com iguais da iniciativa privada, torna urgente a definição das regras da próxima disputa no campo político.
Custo da eleição
Lamentavelmente, porém, ainda não nascerá agora a Reforma Política capaz de motivar o ingresso de nomes novos, não infectados com o vírus hoje espalhado nos partidos, nas casas legislativas e no Poder Executivo, na disputa por mandatos eletivos. Sem o novo, com ojeriza a todas as mazelas que permeiam o ambiente, o quadro continuará, senão igual, por certo ainda reprovável. As últimas renovações, com raríssimas exceções, repetiram os feitos de seus pais, não foram capazes de romper com a mesmice.
O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, aponta como solução para um dos grandes males do sistema político nacional que é a corrupção, a redução dos custos das eleições e aproximar mais o eleitor do eleito. “Do jeito que está, o sistema eleitoral frauda a vontade do eleitor”. Esta afirmação do ministro, que estava no site do Estadão, na quinta-feira, tem sentido. Mas não é só o custo da eleição que gera a corrupção, nem é qualquer Reforma Política que impedirá o corrupto nato, político ou não, de satisfazer o seu desejo de delinquir.
Salmito Filho                                               Mauro Filho
A Assembleia Legislativa e a bancada federal cearenses poderão ter bons quadros depois da eleição do próximo ano, se bem-sucedidas forem as candidaturas em gestação. Alguns jovens bem formados, iniciantes nas atividades políticas, fazem parte de relações de algumas agremiações. Eles motivam esperanças, assim como as figuras reconhecidamente ilibadas de Salmito Filho e Mauro Filho.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

VOLTANDO: Fernando Santana Retorna ao Palácio da Abolição

Após passar um mês de licença médica se recuperando de Cirurgia na Coluna, Fernando Santana está de volta.

O retorno do Secretário de Governo aconteceu na manhã desta terça-feira (01/08). Amigos e Assessores participaram de um café da manhã no Palácio da Abolição que marcou a volta do Secretário de Governo aos trabalhos.

Santana, agradeceu a receptividade e disse que volta disposto a trabalhar cada vez mais pelo Ceará. 

ACIDENTE: Capotamento de Veículo em estrada Carroçável entre Umari a Baixio

Um acidente envolvendo um Veículo Toyota Ettos de cor prata e placas OZA 1582 inscrição de Ipaumirim foi registrado na estrada carroçável que liga as cidades de Umari e Baixio na manhã desta sexta (04/08).

O veiculo estava sendo dirigido por um rapaz conhecido por Vicente Filho. Segundo a PM, o motorista perdeu o controle do veículo, chegando a capotar.

Camilo reúne secretários e anuncia execução de mais de 1.400 obras no CE

O governador Camilo Santana reuniu nesta sexta-feira (4), no Pavilhão de Eventos da Residência Oficial, todos os secretários e presidentes de órgãos vinculados para avaliar os primeiros seis meses de 2017 e reforçar o planejamento do Governo do Ceará a partir do segundo semestre. No encontro, foram destacadas as mais de 1.400 obras em andamento no Estado, dentro dos eixos prioritários Educação, Saúde, Infraestrutura, Segurança e Recursos Hídricos, e ao compromisso de continuar com a constante de investimentos mantida pelo Estado desde 2015.
“Nenhum governo realiza as coisas só com boa vontade. É importante o Ceará ser o Estado mais bem equilibrado, para manter a capacidade de investimento. Com o equilíbrio, podemos ampliar hospitais, investir em Segurança, Educação. No momento difícil que o Brasil vive, o Ceará tem ampliado os serviços”, afirmou o governador.
Durante a reunião, também foi debatido com representantes de secretarias e vinculadas da gestão estadual a necessidade de seguir evoluindo na intersetorialidade na execução de ações e políticas públicas no Estado, com todas as áreas trabalhando conjuntamente e de forma organizada.
Camilo Santana destacou que o encontro tem como importância não apenas o olhar fiscalizador sobre as obras em andamento, como também fazer um balanço das políticas, cobrar agilidade e celeridade nas atividades de cada parte integrante do Governo do Ceará e também trabalhar ainda mais pelo equilíbrio fiscal do Estado.
O encontro contou com apresentação do acompanhamento de projetos prioritários, por meio da Assessoria de Projetos Especiais do Governo do Ceará. Foram ressaltados detalhes do monitoramento de obras feito de modo constante pelos gestores do Estado.
Área de altos investimentos destinados pelo Governo do Ceará, a Educação teve espaço destacado pelas 234 obras para reforma estrutural do processo educacional. Em 2017, 52 novas escolas serão entregues. Outras 50 tem inauguração agendada para 2018, totalizando 2 novas unidades na rede pública de ensino no Ceará.
Na Infraestrutura, foi enfatizado o acompanhamento de obras do programa de requalificação das rodovias no Estado, Ceará de Ponta a Ponta, que na última segunda-feira (31) contou com mais R$ 405,1 milhões liberados para novas realizações nas estradas que cortam municípios cearenses. Até o próximo ano, o investimento deve superar R$ 2 bilhões.
Investimento
O Estado poderá ser capaz, em 2017, de investir entre R$ 2,5 bilhões a R$ 3 bilhões. É o que aponta o secretário da Fazenda, Mauro Filho, enfatizando que isso transformará o Ceará mais uma vez no investidor de maior volume dentre os estados brasileiros. “No Brasil, diante da situação econômica, o gasto pessoal está aumentando, custeio está aumentando e o investimento caindo. No Ceará, é o inverso, controlando as despesas e fazendo com que o Estado continue investindo em todas as áreas”.
Em apresentação aos secretários, a Secretaria da Fazenda reforçou a retrospectiva de que, desde 2015, o Governo do Ceará se antevê a dificuldades, promovendo ajustes de diminuição de despesas correntes e possibilitando assim manter-se dentro da estrutura regular não só no pagamento em dia dos seus servidores, mas também atendendo a demandas da população com mais ações e políticas públicas.
Fonte: Governo do Ceará