terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Quadrilha armada explode carro-forte em Aracati, interior do Ceará

Uma quadrilha armada atacou um carro-forte na noite desta segunda-feira (20) na rodovia BR-304, no município de Aracati, interior do Ceará. Segundo o 1º Batalhão da Polícia Militar (BPM), o crime ocorreu na divisa do Ceará com o estado do Rio Grande do Norte. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o grupo não conseguiu levar o dinheiro e ninguém ficou ferido.

Conforme a PM, os criminosos bloquearam a via utilizando um ônibus e trocaram tiros com os seguranças da empresa de segurança. Após o confronto, o bando teve acesso ao veículo e explodiu o cofre, que ficou em chamas. Logo depois do crime, os suspeitos conseguiram fugir.

Equipes da Polícia Militar de Aracati e municípios vizinhos foram acionadas para realizar buscas na região na tentativa de localizar os criminosos. Até o momento, porém, ninguém foi preso.

O Corpo de Bombeiros foi chamado ao local para conter as chamas no carro-forte. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que a foi temporariamente bloqueada.
Fonte: G1.COM

Vereador de Santana do Acaraú, no Ceará, propõe 'licença-menstruação'

Domingos Sávio do Nascimento (PV)
Direito de faltar ao trabalho nos dois primeiros dias do ciclo menstrual é a proposta apresentada por um vereador do município de Santana do Acaraú, no Norte do Ceará. O projeto de lei foi apresentado na sessão da Câmara Municipal do dia 10 de fevereiro pelo vereador Domingos Sávio do Nascimento (PV). Já chamado no município de "licença-menstruação", o projeto foi encaminhado às comissões e deverá ser votado na próxima sessão ordinária da Câmara marcada para a sexta-feira (24).

“Esse é um período de muito sofrimento para as mulheres. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 40% das mulheres em idade fértil apresentam Tensão Pré-Menstrual (TPM) e cerca de 5% ficam incapacitadas para o trabalho. Foi pensando nisso que tive a ideia da lei. Aqui no nosso município, as mulheres são maioria no serviço público, na educação, principalmente”, explica o vereador.

Reposição de horas não trabalhadas

O benefício, no entanto, não se constitui de folgas mensais. De acordo com o projeto de lei, as mulheres podem faltar ao trabalho por até dois dias no mês, mas as horas não trabalhadas deverão ser repostas no decorrer do mês e antes da solicitação de uma nova licença. “A compensação das horas não trabalhadas deve ser acertada entre a trabalhadora e a repartição onde ela está lotada para que não haja prejuízo ao serviço público”, explica o autor da mensagem.

O vereador diz que se inspirou em uma lei de um município do interior de Minas Gerais. “Vi essa lei de um município mineiro e resolvi trazer para Santana do Acaraú. Coincidentemente, no dia que apresentei o projeto, vi uma notícia de outro no mesmo molde, desta vez tramitando na Câmara Federal”.

De autoria do deputado federal Carlos Bezerra (PMDB/MT), o projeto que acrescenta um artigo à Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), na parte que trata do trabalho da mulher, visa garantir licença a mulheres em período menstrual.

O projeto do parlamentar de Mato Grosso tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Defesa dos Direitos da Mulher; de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços; de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Melhora na produtividade

“Cerca de 70% das mulheres têm queda da produtividade do trabalho durante a menstruação, causada pelas cólicas e por outros sintomas associados a elas, como cansaço maior que o habitual, inchaço nas pernas, enjoo, cefaleia, diarreia, dores em outras regiões e vômito”, lista deputado citando estudo sobre o assunto elaborado pela empresa MedInsight.

Carlos Bezerra acredita que a proposta trará vantagens para as mulheres trabalhadoras e para as empresas, que contarão com a força de trabalho feminina nos momentos de maior produtividade.


















Fonte: G1.COM

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

MAUS TRATOS: Vereadores Denunciam Maus Tratos Com Animais Capturados nas Ruas de Lavras da Mangabeira pela Prefeitura Municipal

Os maus-tratos a animais, infelizmente, seguem como um problema presente em todos os lugares, independente da classe social. Ao começar o ano de 2017, várias foram as testemunhas de diferentes atos de violência e injustiça absurda contra cachorros indefesos, que chegaram a revoltar populares e viraram manchete de Sites de Associações de Proteção a Animais, bem como de autoridades e usuários das redes sociais.
Vereadores de Lavras da Mangabeira, ao receberem uma denuncia anonima dando conta que, estava havendo maus tratos com os cães que a Prefeitura Municipal de Lavras da Mangabeira estava retirando-os das ruas e os levando para o Matadouro Público local, foram averiguar a veracidade da informação.
Tenta Olegário 
Nem Férrer
Os Vereadores Tenta Olegário e Nem Ferrer, acompanhados do Advogado Dr. Diassis Viana, disseram ter testemunhado maus tratos para com os animais ali presos, afora que o odor estava insuportável, numa mistura de fezes com carniça. Para registrar o que viram, fizeram o registro com um vídeo do Celular do Vereador Nem Férrer, além de bateram fotos.
Sem comida e sem água, os cães ali apreendidos pela Carrocinha da Vigilância Sanitária, apresentavam sintomas de Calazar, inclusive, um morto, alem de outros animais aparentemente bem de saúde.
Nesta Quarta-Feira (14/02), os vereadores acompanhado do advogado Dr. Diassis Viana foram a Delegacia de Polícia Civil Local e Fizeram um Boletim de Ocorrências com Queixa Crime.

Após entidades de proteção a animais do Cariri bem como de todo o país tomarem conhecimento do ocorrido, um dos videos publicados na Fan Page da APAC CARIRI - Associação de Proteção dos Animais Carentes em menos de 48 horas chega a 60 mil visualizações, inclusive com inúmeros comentários... 

A Administração Municipal de Lavras da Mangabeira através da Secretaria Municipal de Saúde emitiu nota:
Hoje, já há leis específicas dentro e fora do Brasil contra os maus-tratos a animais que, apesar de serem considerados crime, não impedem muitas pessoas de agirem com violência e descaso contra cães e gatos. Felizmente, ao mesmo tempo em que há pessoas indiferentes e até mesmo cruéis, há muitos movimentos de proteção aos animais aparecendo em todos os cantos do mundo.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

MELOU: Bloco PMB/PSD/PMDB pode virar amor de Carnaval

Audic Mota virou o primeiro-secretário da AL com apoio do governo
O bloco PSD/PMB/PMDB fechado na Assembleia Legislativa para fazer oposição ao governo do petista Camilo Santana pode virar amor de Carnaval.
Deputados listados nesse bloco, como Audic Mota e Agenor Neto – e Osmar Baquit, hoje secretário da Pesca e Agricultura do Estado, já avisaram que não vão pular nessa folia.
Há expectativas de que, muito em breve, mudem de legenda e se acomodem em sigla que espectro e influência política do Abolição. Na oferta, há, por exemplo, PP e PTB.
Fonte: O Opovo/Blog do Eliomar

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Após Chamada de Atenção - DNIT Atende Solicitação do Vereador Flavio Torquato e Reinicia Conserto da BR 230 em Lavras da Mangabeira

A BR 230 que corta a cidade de Lavras da Mangabeira vem sofrendo muito com a não conservação da rodovia por parte do DNIT, órgão encarregado da manutenção das estradas federais no país. Desde do início de seu mandato como Vereador, Flavio Torquato vem chamando atenção daquele órgão para o urgente reparo da rodovia no trecho que corta o município de Lavras da Mangabeira. 

Por ocasião das sessões ordinárias do Poder Legislativo lavrense o Vereador Flavio Torquato (PTC) foi voz altiva e forte para com essa questão.

Flavio Torquato(PTC)
O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT, em atendimento a solicitação feita pelo vereador esteve em Lavras e iniciou a restauração da BR. O problema é que após escavar ainda mais os buracos existentes os transformando em verdadeiras crateras, o DNIT sumiu. Flavio Torquato voltou a chamar atenção do órgão federal. O DNIT voltou a Lavras e reiniciou os trabalhos de restauração da rodovia.


Chove em Lavras da Mangabeira e em mais 119 municípios do Ceará; previsão de mais chuvas nos próximos dias

Choveu em 120 municípios cearenses entre sexta-feira (10) e sábado (11), de acordo com os registros da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), atualizados às 9hAs maiores chuvas foram registradas nos municípios de Aracoiaba (116 mm), Aquiraz (115 mm), Itaitinga (111 mm) e Amontada (108 mm). Na capital cearense, no posto Água Fria, choveu 73 mm.
Em Lavras da Mangabeira, os registros foram:
- Arrojado: 62mm
- Sede: 28,7mm
- Quitaiús: 17,3mm
- Mangabeira: 11mm
A previsão da Funceme deste domingo (12) e de segunda-feira (13) é de nebulosidade variável com chuva em todas as regiões do Estado. 

O motivo das precipitações no Ceará é a permanência da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), o que indica ocorrência de chuvas, principalmente, durante fevereiro a maio.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017