sábado, 16 de dezembro de 2017

SUICÍDIO: Homem usa extensão para tirar a própria vida no Sitio Alto em Lavras da Mangabeira

Nesta quinta-feira (14/12), um Homem de 82 anos atentou contra a própria vida, se utilizando para tal uma extensão de energia muito comum nas casas.

O fato se deu por volta das 09h30min, em Lavras da Mangabeira quando moradores ligaram para polícia através do 190 informando o ocorrido na localidade do Sitio Alto, zona rural do município.

FRANCISCO CASIMIRO DE MOURA, brasileiro, era viúvo, aposentado, nascido aos 06/07/1935, natural de Cedro/CE, residente no Sitio Alto, S/N, zona rural de Lavras da Mangabeira/CE.

O ato se deu no alpendre da sua residência. O IML de Juazeiro do Norte/CE esteve no local às 11h50min para remoção do cadáver.

Foram arrolados como testemunhas LUIZ LEOMAR RÓSEO DE MORAIS, brasileiro, casado, agricultor, nascido aos 28/12/1984, natural de Lavras da Mangabeira/CE, residente no Sítio Altos, S/N, zona rural de Lavras da Mangabeira/CE e MAURICIO DE LIMA BEZERRA, brasileiro, casado, agricultor, nascido aos 28/10/1978, natural de Lavras da Mangabeira/CE, residente no Sítio Altos, S/N, zona rural de Lavras da Mangabeira/CE.

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

MAIS INFÂNCIA CEARÁ: Primeira-dama participará de encontros sobre o Cartão Mais Infância na Região do Cariri

Inicialmente, cerca de 7.200 famílias receberão o benefício na Região do Cariri. A ação do Programa Mais Infância Ceará foi lançada pelo governador Camilo Santana e pela primeira-dama Onélia Santana, na última segunda-feira (11)
A primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, participará nesta sexta-feira (15) de encontros, na Região do Cariri, com as famílias beneficiadas pelo Cartão Mais Infância. Cerca de 60 mil famílias cearenses em situação de extrema pobreza serão beneficiadas com auxílio mensal de R$ 85 do Governo do Ceará através do Cartão Mais Infância. Onélia estará nas reuniões realizadas na Escola Profissionalizante Violeta Arraes, no Crato, às 9 horas, e na quadra poliesportiva Rogério Braz, às 18 horas, em Missão Velha.
Além da Região do Cariri, os encontros também serão promovidos nos municípios cearenses com as famílias beneficiadas até o fim do mês de dezembro. A ação do Programa Mais Infância Ceará foi lançada pelo governador Camilo Santana e pela primeira-dama Onélia Santana, na última segunda-feira (11), em cerimônia realizada no Centro de Eventos do Ceará. Inicialmente, cerca de 7.200 famílias receberão o benefício na Região do Cariri. A expansão do alcance do benefício ocorrerá por meio de busca ativa (ação de localização de pessoas em situação de vulnerabilidade).
A transferência de renda ocorrerá para núcleos familiares cearenses com crianças de 0 a 5 anos e 11 meses que se enquadrem na situação de alta vulnerabilidade social: residentes de zona rural, em propriedades sem banheiro ou sanitário, de estrutura inapropriada (taipa, palha, madeira aproveitada ou outro material), além de residências urbanas sem água canalizada em pelo menos um cômodo. Cerca de 50 mil famílias do Estado receberão o Cartão Mais Infância ainda neste mês de dezembro. Até julho de 2018, cerca de 60 mil famílias cearenses serão beneficiadas.
Além dos encontros, a primeira-dama participará, também no Crato, de solenidade de encerramento do Ano Judiciário no Fórum Hermes Parahyba, no bairro São Miguel. Na ocasião, o governador Camilo Santana receberá a comenda Desembargador Hermes Parahyba.
Serviço
Encontro do Cartão Mais Infância
Horário:
 9 horas
Local: Escola Profissionalizante Violeta Arraes, no Crato
Solenidade de encerramento do Ano Judiciário e entrega da Comenda Hermes Parahyba ao governador Camilo Santana
Horário:
 14 horas
Local: Fórum Hermes Parahyba, bairro São Miguel, no Crato
Encontro do Cartão Mais Infância
Horário: 18 horas
Local: Quadra Poliesportiva Rogério Braz – avenida José Sobreira da Cruz, s/n (vizinho ao antigo CSU), em Missão Velha
Fonte: AI

Crescimento de Ciro Gomes já Preocupa Direita

Ciro Gomes (PDT)
A definição da data do julgamento do ex-presidente Lula no TRF4 já movimenta os partidos, que traçam possíveis cenários eleitorais sem o petista; na direita, especialmente no PSDB, o crescimento do ex-governador Ciro Gomes já preocupa.

Os tucanos avaliam que, no caso do ex-presidente Lula ficar fora do páreo, Ciro, entre os nomes da esquerda, é o que tem mais chances de chegar ao segundo turno; ex-governador do Ceará, o pedetista tem crescido nas intenções de voto, sobretudo no Nordeste.

Camilo Santana é contra a proposta de reforma da Previdência do governo Temer

Se depender do governador Camilo Santana (PT), o presidente Michel Temer pode tirar seu cavalinho da chuva em matéria de apoio à reforma da Previdência Social. Em conversa com esta Vertical, Camilo disse que não apoiará a proposta “porque tudo começou errado”.
Para ele, não houve diálogo e o governo Temer não tem credibilidade nem ambiente para tocar uma questão das mais complexas. “Torço para que não saia!”, acentua o governador, lamentando nunca ter sido chamado em Brasília para discutir o assunto.
Camilo disse temer que essa reforma, que quer taxar agricultores, acabe prejudicial a uma região pobre como é o Nordeste. Indagado sobre qual a saída então para o cenário de arrocho apregoado pelo governo federal, recomendou: “Vamos aguardar o próximo presidente!”.
Perguntado se torce para que seja Lula, desconversou: “Não sei. O povo é quem vai decidir!”.
Interessante: Camilo critica a reforma, mas elevou de 11% para 14% a alíquota do desconto previdenciário dos servidores estaduais.

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Capitão Wagner ameaça reeleição de Eunício

Capitão Wagner
A candidatura do Deputado Capitão Wagner ao Senado da República em 2018, está fazendo o Senador Eunício Oliveira repensar sua aproximação ao Governador Camilo Santana.
Membros da própria base dizem não acreditar em reeleição fácil do peemedebista ao Senado em 2018. Em projeções de aliados do governador, nomes mais fortes para o cargo de senador no próximo ano seriam, os de Cid Gomes (PDT) e Capitão Wagner (PR).
Capitão Wagner e Cid Gomes
A força do deputado, no entanto, estaria condicionada a uma candidatura de Tasso Jereissati (PSDB) ao governo. 
“O Cid tá eleito, isso é fato. Mas o Eunício, indo em chapa com ele, teria que se explicar muito, pegaria mal”, disse um membro da base, que preferiu não se identificar. “A expectativa é clara que, em uma disputa, Cid e Wagner polarizem. Até pelo histórico. Aí o Eunício perderia o voto dos descontentes, que tendem a migrar para o Capitão”, avalia.
Já para Sérgio Aguiar (PDT), outro membro da base, deve ser destacado ainda o poder de Tasso em “puxar” um nome ao Senado.
Apesar da insistência de opositores, o próprio Tasso Jereissati ainda resiste a confirmar candidatura. Apesar disso, principais líderes do bloco PSDB, PSD, PR e SD ainda apostam na entrada do senador na disputa.
Eunício Oliveira, por sua vez, ainda evita falar sobre eleição. “2018 vai ser discutido em 2018”, disse na sexta-feira passada. 

Polícia Federal faz operação na Câmara dos Deputados do PMDB

A PF (Polícia Federal) realiza uma operação na Câmara dos Deputados, em Brasília, nesta quarta-feira (13). Os gabinetes e as residências dos deputados federais Dulce Miranda (PMDB-TO), mulher do governador do Tocantins, Marcelo de Carvalho Miranda (PMDB) e Carlos Gaguim (Pode-TO) são alvos de buscas e apreensão.
A operação foi solicitada pela PGR (Procuradoria Geral da República) e autorizada pelo STF (Supremo Tribunal Federal). A ação é a 6ª fase da Operação “Ápia”, iniciada em outubro de 2016, para desarticular uma organização criminosa que, segundo as investigações, atuou no Estado de Tocantins.
De acordo com a PF, o grupo corrompeu servidores públicos, agentes políticos e fraudou licitações públicas e execução de contratos administrativos celebrados para a terraplanagem e pavimentação asfáltica em várias rodovias estaduais em valores que superaram a cifra de R$ 850 milhões.
No total, o STF autorizou 16 mandados de busca e apreensão e oito de intimação contra investigados. As ações são realizas na Câmara e também em Palmas e Araguaína (TO). A operação da PF apura os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro “decorrentes de vários pagamentos de propinas” realizados pela empresa CRT (Construtora Rio Tocantins), de propriedade de Rossine Ayres Guimarães, que tem que tem acordo de colaboração premiada, a integrantes do núcleo político investigado.

Segundo as investigações, as obras foram custeadas por recursos públicos adquiridos pelo Estado do Tocantins por meio de empréstimos bancários internacionais e com recursos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), tendo o Banco do Brasil como agente intermediário dos financiamentos no valor total de R$ 1,2 bilhão.
Fonte: UOL Notícias

domingo, 10 de dezembro de 2017

Educação do Governo Ildsser Alencar (PMDB) em Lavras da Mangabeira despenca para posição 147 no Ranking do Estado do Ceará

O lento avanço educacional brasileiro ocorre de maneira desigual em cerca de 5.000 municípios do país.

O IOEB (Índice de Oportunidades da Educação Brasileira), divulgou nesta quinta (07/12) o Ranking da Educação em sua 2ª edição. 
Os municípios do Ceará, que já haviam se destacado na 1ª edição do índice, aumentaram seu domínio no topo do ranking. 
Entre as 30 cidades mais bem colocadas em 2015, 5 eram do Estado nordestino. Neste ano, esse número saltou para 12. Sobral repetiu a primeira colocação geral.



Infelizmente, Lavras da Mangabeira em 2017, despencou no Ranking caindo para a posição de número 147, ficando a 37 posições de ser a última colocada no Estado do Ceará. Em 2017 o município fechou cinco escolas (A Oposição diz que foram Sete) e os investimentos nessa área em Lavras foram quase zero.

Numa comparação com os municípios vizinhos, Lavras da Mangabeira ficou atrás de Várzea Alegre – Cedro – Granjeiro – Aurora – Umari e Baixio, ganhando apenas de Icó e Ipaumirim que se encontram logo atrás 2 posições no Ranking do Estado do Ceará na pontuação.