quinta-feira, 16 de novembro de 2017

TOMADA PELO LIXO: Lavras da Mangabeira Sem Coleta

A cidade de Lavras da Mangabeira-CE, está totalmente tomada pelo lixo. Moradores reclamam que estão sem coleta de lixo e, por isso, sacos estão se acumulando nas calçadas e ruas da cidade e dos distritos.

O Vereador Flavio Torquato após receber varias denuncias, percorreu ruas de vários bairros da cidade e registrou sacos de lixo na calçada e no meio da rua.



Moradores dizem que o caminhão não passa há três dias. Fotos mostram que a cena se repete em todos os bairros da sede do município, onde o mau cheiro incomoda e tem moradores até estocando o lixo dentro de casa.



Nesses últimos dias os garis decidiram não trabalhar. Eles reclamam que a Empresa Brasel que trabalha para a prefeitura cortou as horas extras, alterou os horários de trabalho sem consultar a categoria, sem esquecer dos salários e cesta básicas atrasados em mais de dois meses.

Em vários bairros da cidade é possível ver lixo acumulado em frente às residências.  A dona de casa Ana Dégia, disse que na sua rua as calçadas das casas estão com resíduos acumulados desde sexta-feira passada.

“A situação está difícil. Para me livrar do lixo da minha casa estou colocando fogo. Queria saber até quando nós iremos ficar sem a coleta de lixo na cidade. Sem contar que caso está situação se perdure pode causar prejuízos para a saúde coletiva dos moradores”, contou Ana.

Outro que também lamentou a situação foi o agricultor José Antônio Lopes, de 41 anos. “Acho um absurdo deixar a cidade ficar nessa bagunça e com lixo espalhado”, lamentou José.


A prefeitura ainda não se manifestou sobre o serviço de coleta de lixo. O governo municipal informou também que não recebeu nenhum comunicado de greve, como determina a lei.

LAVRAS/CE: Com a Presença de Fernando Santana a OPOSIÇÃO UNIDA E FORTE Volta a se Reunir neste Sábado

O Grupo Oposicionista ao atual governo municipal em Lavras da Mangabeira estará se reunindo mais uma vez este ano.

Desta feita, o ENCONTRO DA OPOSIÇÃO que terá mais uma vez a presença do Secretário do Governo do Estado Fernando Santana, acontecerá em Zé Iris, Patos I neste sábado (18/11) a partir 09 da manha.
Fernando Santana - Secretário Gab. Governo do Ceará

Presenças confirmadas dos Ex-Prefeitos Dr. Tavinho e Carlos de Olavo; do Empresário Ronaldo da Madeireira, do Ex-Vereador Dr. Nilton Dantas, do Engenheiro Dr. Junior Sobreira dos Vereadores Oposicionista e de seus Suplentes, bem como, lideranças políticas e comunitárias.



O ENCONTRO DA OPOSIÇÃO em Zé Iris - Patos I - será regado a uma deliciosa feijoada.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

O Ceará é Assim...

O Ceará construído nos últimos 20 anos é definitivamente multinacional.


As cenas desse vídeo (feito pelo governo do Estado especialmente para o Brazil Network Day) falam muito do suor e capital cearense na construção de uma nova sociedade que vai superando vários desafios. Mas também refletem a grande contribuição de italianos, portugueses, sírio-libaneses, espanhóis, holandeses, americanos, coreanos e tantos outros que vieram e ajudaram a construir tudo isso. O Ceará é assim!

sábado, 11 de novembro de 2017

LAVRAS: Impopularidade da Administração atrai pouca gente para Inauguração de Praças

Que todo mundo - inclusive os gestores públicos, tem vida pessoal, isso todos sabem! Mas quando um prefeito, em apenas onze meses de administração, enfrenta forte impopularidade e não aparece em público na semana sendo muitas das vezes visto em Shoppings, pizzarias e restaurantes em outros municípios - o povo não perdoa. 
A impopularidade do prefeito de Lavras da Mangabeira-CE, já bateu recorde. Ildsser Alencar superou inclusive todos os ex-prefeitos do município nos últimos 30 anos.
Inauguração - Praça - Iborepi/Lavras-CE
A reprovação popular contra o governo do Doutor que fez promessa de cuidar da nossa gente está pior do que os últimos dois anos conturbado de vida pública de sua tia, a ex-prefeita Dena Oliveira (PMDB). 
Reflexo disso foi o registro do baixíssimo público na inauguração de duas praças ocorridas neste dia (10/11) no município de Lavras da Mangabeira.
Em Iborepi, comunidade distante cerca de 12 km da sede do município, pouco mais de 40 pessoas estiveram prestigiando o evento na tarde desta sexta-feira, tendo grande parte desse público se deslocado da cidade para o distrito.
Já no começo da noite, na sede do município, a presença do publico também foi ínfima. Em sua fala, o gestor municipal pouco se referiu as obras (praças) inauguradas, trilhando seu discurso as dificuldades financeiras que passa o município.
Fala do Prefeito Ildsser Alencar - Inauguração de Praça 
Sede do Município de Lavras da Mangabeira-CE

Aguardados para as inaugurações, o Deputado Danniel Oliveira (PMDB) e o atual Presidente do Senado Eunício Oliveira (PMDB) informados da insatisfação popular da atual gestão, refletida no baixo publico, apesar de estarem em Lavras da Mangabeira, não compareceram aos eventos.

Bom lembrar ainda que as duas praças, já haviam sido licitadas na gestão do ex-prefeito Dr. Tavinho (PDT) inclusive, com recursos deixado em caixa para inicio das obras.
O prefeito de Lavras/CE tem um mandato conturbado por um das maiores crises políticas e financeiras da história da cidade. Frequentemente tem sido alvo de criticas por parte de opositores e população que esperava uma administração diferente e progressista, com implantação de fabricas, gerando emprego e renda para os lavrenses, além de outras promessas feitas em palanques durante sua campanha em 2016 e que até agora, passado onze meses de uma nova gestão, nada foi feito nesse sentido. 



Sem acordo com o Exército, Pipeiros optaram por permanecer em Greve

Os pipeiros do Ceará, paralisados desde a última segunda-feira (6), vão continuar em greve. A decisão foi tomada após reunião com o comando da 10ª Região Militar do Exército (10ª RM), responsável por coordenar a Operação Pipa nos estados do Ceará e Piauí, nesta sexta-feira (10).
Cerca de 1.800 carros-pipa cadastrados no programa emergencial de abastecimento de água em áreas rurais do Estado deixaram de circular. O principal motivo da paralisação é a falha no sistema eletrônico de aferição das rotas, que provocaria atraso de até três meses no pagamento dos pipeiros.
O presidente afirma que, com a greve, nem um carro-pipa está circulando no estado, o que prejudica principalmente a população das regiões mais carentes, que sofrem com os efeitos da seca.

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

LAVRAS FORA II: Eunício garante R$ 49 milhões para saneamento básico e substituição de casas de Taipa e esquece de sua terra

Mais uma vez o presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), esqueceu sua terra natal (Lavras da Mangabeira-CE) ao anunciar nessa quinta-feira (09), mais um investimento para os municípios cearenses. São R$ 49 milhões a serem empenhados através da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) que atenderão projetos de abastecimento de água, melhorias sanitárias domiciliares, substituição de casas de taipa por unidades de alvenaria e saneamento rural.
Eunício Oliveira (PMDB)

O Município de Lavras da Mangabeira não foi beneficiada e está fora da lista dos 31 municípios que terão seus projetos atendidos e, consequentemente, conseguirão ampliar sua rede de abastecimento e saneamento, além de prevenir doenças graves geradas a partir de problemas como a manutenção de casas de taipa (ao facilitar a proliferação do Barbeiro, causador da Doença de Chagas), falta de abastecimento e até a inexistência ou precariedade de banheiros nas residências.

Municípios atendidos:
1-Amontada
2- Arneiroz
3- Aurora
4- Barbalha
5- Catarina
6- Carnaubal
7- Crato
8- Farias Brito
9- General Sampaio
10- Guaraciaba do Norte
11- Hidrolândia
12- Itaiçaba
13- Jaguaretama
14- Madalena
15- Massapê
16- Nova Olinda
17- Palmácia
18- Parambu
19- Pentecoste
20- Piquet Carneiro
21- Porteiras
22- Potengi
23- Quiterianopolis
24- Salitre
25- Senador Pompeu
26-Tamboril
27- Tejuçuoca
28- Tianguá
29- Trairi
30- Varjota
31- Tabuleiro do Norte

“É uma questão de saúde pública. Muitos prefeitos nos procuram porque a falta de recurso ou as dificuldades de planejamento os impedem de executar um plano municipal de saneamento básico e esse recurso vai possibilitar justamente que eles possam avançar nessa área”, comemorou Eunício.

Serão R$ 6,4 milhões para os projetos de Melhorias Sanitárias Domiciliares, R$ 7,3 para Melhorias Habitacionais e Controle de Doença de Chagas, R$ 34,2 milhões para o sistema de abastecimento de água e R$ 2 mi para ações de saneamento rural.

Em agosto deste ano, o Instituto Trata Brasil divulgou o Ranking  do Saneamento Básico 2017, o qual indicou que apenas 20% das cidades do Ceará possuem um plano municipal de saneamento básico.

O Governo Municipal de Lavras da Mangabeira já conta com seu Plano de Saneamento Básico pronto, elaborado na gestão do Ex-Prefeito Dr. Tavinho (PDT).

Lavrenses são Acusados de Integrarem Quadrilha Presa pela PF no Ceará por Fraudar o ENEM

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagram nesta quarta-feira (08) a Operação Adinamiacom o objetivo de desarticular organização criminosa que vem atuando, de forma contumaz, em esquema de fraudes a concursos públicos e processos seletivos para ingresso no ensino superior, por meio do ENEM (2016/2017), no Ceará e em outros estados da Federação.

Cerca de 90 policiais federais cumprem 36 mandados: 21 de busca e apreensão, 4 de prisão preventiva e 11 de condução coercitiva, nos estados do Ceará (Fortaleza, Juazeiro, Barbalha, Mauriti, Abaiara e Lavras da Mangabeira), Paraíba (São José de Piranhas e Cajazeiras) e Piauí (Teresina).

A quadrilha presa no Ceará nesta quarta-feira (8) teve acesso antecipados às provas do Enem 2016, segundo informou a equipe da Polícia Federal em Juazeiro do Norte responsável pela investigação do caso.
O Site Miséria.Com, levou ao AR matéria dando inclusive os nomes dos lavrenses presos temporariamente.

Conforme a policial Hyolanda Leite, houve participação de fiscais do Enem no esquema criminoso, que envolve rompimento de lacres dos envelopes que contêm as provas. 

"Houve realmente violação do lacre de provas, isso no Enem 2016 e em outros concursos. Também houve uso de candidatos pilotos, seria o modus operandi da quadrilha. Eles tiveram [acesso às provas] pelo rompimento de lacre, através, claro, de alguns fiscais", afirma Hyolanda Leite.

Nesta quarta-feira, quatro pessoas foram presas suspeitas de integrarem uma quadrilha envolvida em fraudes em concursos públicos e no Enem. Conforme a Polícia Federal, até o momento, não há indícios de fraudes ocorridas no Enem 2017.

Ainda conforme a Polícia Federal, além dos quatro presos, há mais de 20 pessoas suspeitas de envolvimento no esquema, mas não há provas suficientes para pedir a prisão deles. "Fizemos as prisões de hoje para prevenir qualquer fraude ao Enem em andamento, diz Welington Santiago da Silva, delegado regional de Combate e Investigação ao Crime Organizado da PF.

"O trabalho não está encerrado, nós coletamos vários computadores que passarão pelo crivo da nossa perícia, passarão pelo crivo da equipe de avaliação e a partir dessas perícia, profundo trabalho dessas mídias é que nós vamos saber que são os participantes envolvidos", afirma Welington.

Além do Ceará, a investigação ocorre no Piauí e na Paraíba, com atuação mais forte na região Cariri, no Sul do Ceará. "Tem três núcleos mais fortes: Fortaleza, Barbalha e Lavras da Mangabeira. 

Os chefes da organização provavelmente são de Fortaleza, mas os demais também têm uma atuação bastante forte e importante na organização criminosa", diz a delegada. 

"As prisões ocorridas nesta quarta são resultados do aprofundamento de uma investigação realizada em 2016, uma vez que a partir da prisão em flagrante dos candidatos e nós conseguimos obter mais informações e chegar aos patamares superiores dessa organização criminosa", acrescentou Welington Santigo.

O policial afirma ainda que "boa parte da associação são velhos conhecidos da Polícia Federal, inclusive já foram presos em outras ocasiões". "Alguns deles já são criminosos contumazes desse tipo de prática."

Outro modo de atuação da quadrilha, segundo a Polícia Federal, é o uso de "candidato piloto", em que um inscrito no concurso conclui a prova o mais cedo possível e repassa as respostas a outros candidatos por meio de ponto eletrônico.

A quadrilha cobrava até R$ 90 mil aos candidatos do concurso, que procuravam principalmente o curso de medicina. Eles vão responder por lavagem de dinheiro, organização criminosa e fraude a processos seletivos e concursos públicos.

Segundo o policial federal Cláudio Luz, o esquema de acesso antecipado às provas foram descobertas por meio de interceptação telefônica.


Cinco mandados de busca e apreensão, dois mandados de prisão preventiva e um mandado de condução coercitiva foram cumpridos em Fortaleza. A operação também ocorre nos estados do Piauí e na Paraíba.

"A perspectiva de atuação da quadrilha é em vários estados do Nordeste. Entretanto só com o aprofundamento da investigação é que nós vamos de fato definir com maior precisão qual é o nível de abrangência do território nacional", conclui Welington.